Translate

Receba por e-mail nossas publicações

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

* Coma menos e melhor


Coma Menos e Melhor!!

Karyne M. Lira Correia
Comer é algo muito prazeroso! Por ser algo nos gera prazer, corremos o risco de exagerar na quantidade de alimento que ingerimos. O famoso “olho grande”.

Confesso que essa é uma dificuldade pessoal minha. Apesar de ser magra, gosto muito de comer, e preciso estar sempre atenta para não exagerar!!

Mesmo sendo prazeroso, o comer deve ser feito com moderação. Não é porque um alimento é saudável que ele pode ser comido indiscriminadamente, sem limites. Ser temperante é se abster do que é prejudicial e usar moderadamente o que é bom!

De acordo com Ellen White, “a intemperança no comer é muitas vezes a causa da doença” (Conselhos Sobre Regime Alimentar, p. 310)

Acontece que quando adquirimos um hábito, é preciso esforço e estratégias para modificá-lo. Algumas pessoas precisam de apoio profissional nesse momento, outros conseguem trabalhar o autocontrole sozinhos.

Para auxiliar aqueles que entendem que precisam melhorar a alimentação no que diz respeito à ingestão excessiva, seguem abaixo algumas dicas do livro “Saúde com Sabor” de Eunice Leme Vidal. Não sou nutricionista, mas, como analista do comportamento, tomei a liberdade de fazer algumas observações que estão em vermelho em alguns:

1. Antes do primeiro bocado, coloque no seu prato tudo o que você deveria comer. Sugiro que faça um prato só de salada, inicialmente, e depois um prato com os demais alimentos.
2. Coma com deleite, esquecendo os problemas; tenha delicadeza e bons modos ao comer, e faça-o com uma oração de agradecimento ao Criador.
3. Não “limpe” o prato ao terminar as refeições. Isso não significa que se desperdiçar comida!
4. Desacelere a sua velocidade no comer; pegue pequenos bocados e mastigue completamente. Descanse o talher no prato entre um bocado e o próximo. Não use líquidos para amolecer a comida (isso é trabalho para a saliva). O prazer que o alimenta causa perdurando na boca satisfará o seu apetite com menor ingestão.
5. No início do processo reeducativo, planeje pequenas pausas durante as refeições.
6. Nunca repita qualquer porção a não ser de alimentos crus.
7. Peça licença para sair da mesa imediatamente após terminar de comer.
8. Sugira uma caminhada ou exercícios leves.
9. Planeje antecipadamente o que você vai comer em um restaurante ou envetos sociais, e então fique em seu planejamento.
10. Não pense ou olhe para o alimentos sobre a mesa ao se aproximar o final da refeição.
11. Não coma nada depois de haver terminado a sua porção de refeição. Tudo que sobrar, coloque na geladeira. É possível que sob a desculpa de não jogar o restinho fora muita gente alimenta o habito de comer além do necessáiro.
12. Elimine ou reduza as gorduras da refeição. Além de altamente calóricas, elas aumentam a palatibilidade e sustentam o desejo de comer mais.
13. Procure escolher alimentos que satisfaçam os quatro sabores básicos logo no início da refeição:
- salgado (alimentos que levem sal).
- doce (amido bem cozido e bem mastigado, frutas doces ou frutas passas dão este sabor).
- azedo (tomate, limão, frutas ácidas ou semi-ácidas, iogurt e algumas verduras).
- levemente amargo ou amargo (cebola, azeitona, algumas verduras, alguns legumes, algumas sementes e castanhas).

http://mulheradventista.com/coma-menos-e-melhor/#more-2692

Nenhum comentário:

Postar um comentário